Interaja - Compartilhe


Assista



Essa Luta Muda SP
Instagram

 
Judoca Mayra Aguiar vê Pan como boa prévia para a Olimpíada de 2016



Fonte: http://sportv.globo.com

Uma das grandes esperanças de medalhas para o Brasil nos esportes olímpicos é o judô. Nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto, e na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, o grande nome é Mayra Aguiar, de 23 anos. A judoca, que conquistou o título mundial em 2014, falou sobre a importância da competição canadense na preparação para os Jogos Olímpicos.

Em entrevista ao SporTV, Mayra lembrou a experiência que teve de competir no Rio de Janeiro nos Jogos Pan-Americanos de 2007. A judoca considera que o bronze conquistado na Olimpíada de Londres, em 2012, foi resultado dessa prévia em Pan-Americanos.

- Foi uma das maiores experiências que tive no início de carreira, dentro de casa ainda. O Pan já dá uma visão de como será a Olimpíada. Foi muito importante participar desses jogos. A medalha que consegui em Londres com certeza foi desse caminho que passei - contou Mayra Aguiar. 

Para a judoca, a conquista de uma medalha no Pan faz com que o atleta fique mais visado pelos adversários. Mayra foi prata no Pan de 2007 e bronze quatro anos depois, em Guadalajara, no México.

- A mídia toda em volta da competição dá uma certa pressão aos atletas. Vou bastante focada e cada experiência gera uma bagagem para ti. Quando se conquista um título, como um campeonato mundial, você fica visada. Mas como as adversárias me estudam, eu também estudo bastante. O principal é chegar lá confiando em mim - disse a brasileira.

O judô é o esporte que mais rendeu medalhas para o Brasil em Jogos Olímpicos, com um total de 19. Foram três medalhas de ouro, outras três de prata e 13 de bronze. Aurélio Miguel, em Seul-1988, Rogério Sampaio, em Barcelona-1992, e Sarah Menezes, em Londres-2012, foram os medalhistas de ouro brasileiros neste esporte.