Interaja - Compartilhe


Assista



Essa Luta Muda SP
Instagram

 
Butantã também terá Centro de Atenção Psicossocial - CAPS



Verba indicada pelo vereador Aurélio Miguel vai permiti r que a subprefeitura do Butantã e a Coordenadoria Regional Oeste de Saúde recebam uma unidade do CAPS. Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) são unidades de tratamento intensivo e diário para quem tem sofrimento psíquico grave. É uma alternati va ao hospital psiquiátrico, e permitem que seus pacientes convivam com a comunidade e família. É uma reivindicação antiga da região e que ganhou o apoio de Aurélio Miguel.
 
Os casos que são acompanhados nos CAPS são muito graves, justi fi cando um acompanhamento diário, com ações que integram, aos poucos, o paciente de volta à sociedade. Os pacientes serão observados por psiquiatras, neurologista, enfermeiro, nutricionista, psicólogo, assistente social, monitores, etc. E pensando na inserção na sociedade, os CAPS também oferecem ofi cinas culturais, ati vidades esportivas, artesanatos, desti nados também à família.
 
Em São Paulo, bairros como Ipiranga, Sacomã, Vila Monumento, Santana, Casa Verde, Mandaqui, Perus e Sapopemba já possuem unidades do CAPS, mas no Butantã será uma novidade, graças ao empenho políti co do vereador Aurélio Miguel, que fez com que a Secretaria da Saúde tomasse a iniciati va de dotar a região de uma unidade.


Está sendo desti nada, através da indicação do vereador Aurélio Miguel, uma verba de cerca de R$ 200 mil reais com o objeti vo de realizar a reforma de uma casa na Avenida Corifeu de Azevedo Marques que vai abrigar a unidade. “A obrigação de um vereador é estar atento às necessidades da população de sua região e antenado quanto às possibilidades de poder contribuir para as soluções. Assim acontece em relação ao CAPS. Espero que em breve já esteja atendendo os moradores do Butantã.”, declarou Aurélio Miguel.